Mostrando postagens com marcador Água de Cheiro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Água de Cheiro. Mostrar todas as postagens

domingo, 8 de setembro de 2019

💰 Quem vai comprar a L'acqua di Fiori?







A Beauty Franchising comprou a Água de Cheiro; a Natura comprou a Avon; o Grupo Boticário comprou a Vult e o Beleza na Web… A cada notícia de aquisição eu me pergunto: quem é que vai comprar a L'acqua di Fiori?





O site sumiu de novo



Eu sou revendedora cadastrada da marca L'acqua di Fiori, mas não me pergunte onde está o site. Ele simplesmente saiu do ar deixando clientes e revendedores na mão. E não é a primeira vez que isso acontece. Das outras duas vezes foi apenas susto: mudaram o sistema e os links sem nos avisar. Agora já não tenho esperança. A empresa parece ter mesmo desaparecido.



A última vez que acessei o site da L'acqua foi no primeiro semestre deste ano, quando uma cliente minha pediu um kit da fragrância Hit. Levou mais de dois meses para chegar. Quando liguei para reclamar, disseram que estava faltando o ingrediente para fabricar o perfume. Ainda bem que a cliente queria muito e não desistiu da compra. Mas também não quis fazer mais nenhum pedido comigo.




Onde comprar?



A L'acqua di Fiori está em nosso imaginário com deliciosas fragrâncias como Cúmplice, Ototemo, Chocolate White, L'acqua Fresca… Perfumes que hoje temos dificuldade para adquirir porque a loja fechou as portas e o site.



Aqui em Goiânia, ainda temos um quiosque L'acqua Mix no Banana Shopping (Avenida Araguaia, Centro), mas há meses eles têm problema de estoque, faltando inclusive fragrâncias importantes como Hit e Ototemo Secret.



O melhor lugar para comprar L'acqua di Fiori hoje é o site Mercado Livre porque vários revendedores de todo o Brasil fizeram estoques. Vamos ver quanto tempo esses estoques duram.



Esperança



Relembrando um pouco a história, quando a gente notou que a L'acqua di Fiori estava sumindo dos shoppings, outra perfumaria mineira que também estava desaparecendo era a Água de Cheiro, mãe de sucessos como Absinto, Água Fresca e Relic. O site da Água de Cheiro também ficou fora do ar durante muitos meses e a gente só conseguia comprar no Mercado Livre. Felizmente, a Água de Cheiro se reinventou como loja multimarcas (ótima ideia, aliás!) e agora faz parte da Beauty Franchising.



Vendo a Água de Cheiro se reerguer, tive a esperança de que a L'acqua di Fiori aproveitasse a boa ideia da concorrente e seguisse um caminho parecido. Mas a trajetória da marca de lá pra cá foi muito diferente.



Em 2015, o site da L'acqua di Fiori voltou a vender. Foi um alívio para os(as) clientes que puderam voltar a comprar seus perfumes favoritos. Ao mesmo tempo, a marca lançou um modelo de vendas diretas com revendedores cadastrados e marketing multinível. Mas o atendimento às demandas dos revendedores era precário e quem tentou trabalhar com a marca acumulou decepções. Desde então, o site (para clientes e para revendedores) já saiu do ar três vezes, sendo que agora parece ter sumido de vez.



A esperança é que eu esteja apenas desinformada e a L'acqua di Fiori volte com um modelo de negócios realista e inteligente. Virar uma loja multimarcas, como fez a Água de Cheiro, seria uma mudança interessante, mas cara. Outra possibilidade é deixar de ser uma marca exclusiva e passar a ser revendida em lojas de departamento, hipermercados e outras perfumarias (até na Água de Cheiro, quem sabe?).



O importante é que a marca não morra e continue fabricando nossos deliciosos perfumes como Caramelo Divertido, essa joia da perfumaria brasileira!



Torçamos! 🤞🏽






Compre Natura com o cupom deste mês para ganhar 10% de desconto!

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Colônia e body splash 1920, Água de Cheiro





Hoje quero falar sobre esses dois queridos perfumes florais atalcados que, confesso, eu nem tinha planejado comprar. Mas, quando experimentei a colônia 1920 na loja, não resisti.





Diferente de marcas que estão sempre lançando novas fragrâncias, a Água de Cheiro conseguiu se fixar no imaginário dos brasileiros apenas com seus clássicos: Absinto, Attractive, Oniric, Relic… todos inspirados em perfumes estrangeiros, só que mais suaves e mais adequados ao clima da maioria dos Estados brasileiros.



E a colônia 1920 não é diferente. Ela é sim inspirada em Flower by Kenzo, mas é um perfume floral violeta que cai bem em um dia como hoje, por exemplo: quente (31°C), seco (25%), mas parcialmente nublado.



Não tenho nenhuma amostra de Flower by Kenzo porque na época eu ainda não tinha o hábito de guardar decants de todos os perfumes, mas me lembro bem o quanto ele é intoxicante e incomoda até os vizinhos.



Também tive Red Garden, da Paris Elysees, que também é exagerado e invasivo, mais adequado com máxima de 17°C.



Mas vamos falar sobre a colônia 1920. A pirâmide olfativa divulgada no site Fragrântica cita apenas uma nota de cada camada:




  • Abertura: bergamota.
  • Meio: violeta.
  • Base: almíscar.


Mas é claro que, ao sentir o perfume, dá para notar muito mais do que isso.



Na abertura, 1920 é pungente. Sinto um acorde frutal amarelo que, além da cítrica bergamota, pode conter também pêssego, nectarina e pera. A polvorosa violeta surge em poucos segundos e vai "acalmando" as frutas. Mas a florzinha não está só. Ela veio acompanhada por um bouquet de flores brancas que pode ter lírio, gardênia e frangipani.



O corpo floral atalcado vai se fundindo à pele e deixando o cheiro cada vez mais nude, mais natural, como se minha pele obviamente tivesse cheiro de flores. "Não, não passei nenhum perfume. É só o meu cheiro mesmo." Essa é a mágica do almíscar, que está em uma versão translúcida e borbulhante que me lembra o almíscar de Musk Soft.



1920 tem um cheiro confortável que desperta ternura e o desejo de um abraço.



Se você achou que Flower by Kenzo ou Red Garden fossem um pouco "demais", experimente 1920 porque esse provavelmente está na intensidade adequada.



A projeção nas primeiras 2 horas é entre média e alta, pode variar bastante em diferentes condições de vento e umidade. A fixação na minha pele é de 12 horas ou mais. O rastro é persistente: o cheiro de 1920 "gruda" em todas as superfícies nas quais eu toco leva dias para sair.



Também é o tipo de perfume que forma uma "nuvem" em volta do corpo: mesmo quando já não é possível sentir o perfume no ponto exato da pele em que você aplicou, outras pessoas continuam sentindo 1920 "em volta" de você.



A surpreendente versão body splash







Quando eu comprei a colônia 1920 de 100 mL, tinha uma promoção incrível na loja e eu acabei levando de brinde o body splash de 300 mL. Pensei que fosse uma versão menos concentrada e mais volátil, mas me surpreendi.



1920 Body Splash é outra excelente fragrância da Água de Cheiro. É um flanker de 1920 e não tem nada de splash.



Pra começar, o "body splash" projeta muito mais e por muito mais tempo. O que me deixou boquiaberta porque geralmente é o contrário que acontece.



Já na abertura, dá para sentir algum ingrediente como cravo (tempero), coentro ou cardamomo, o que o torna mais picante e oriental.



E no acorde floral do corpo, também sinto cheiro de cravo (agora a flor), o que mantém o caráter oriental e dá ao perfume um quê de sensualidade que a colônia não tem.



A fixação do "body splash" na minha pele também passa de 12 horas. E o rastro consegue ser ainda mais grudento e um pouco mais incômodo do que o da versão colônia.



Enquanto a colônia tem uma base almiscarada e "transparente", o body splash tem um fundo oriental bem temperado.



Considero a colônia 1920 como a versão diurna e o "body splash" como a versão noturna. Lembrando que o body splash tem o triplo de perfume, vem em frasco de plástico e é mais barato.



Eu juro que não entendi essa "estratégia" da Água de Cheiro. Agora a crise da empresa até que faz sentido.



Fixa mais que Mahogany



Ainda não tive a oportunidade de testar Flower da Mahogany com calma, mas já experimentei ele várias vezes no shopping e notei que ele fixa muito menos do que 1920.



Tanto a colônia quanto a versão "body splash" de 1920 são excelentes opções de assinatura olfativa para habitantes do Brasil que buscam um floral violeta possível.



Até mais!



Segunda foto: Pixabay | Pezibear


quarta-feira, 8 de junho de 2011

📃 Água de Cheiro | Referência olfativa dos perfumes

Lista atualizada dia 03/12/2020.
Relic Gold

A Água de Cheiro tem o dom de fazer fragrâncias muito similares a perfumes internacionais mas adaptadas ao clima e ao gosto brasileiros. O exemplo clássico é Absinto, que agrada muito mais gente por aqui do que o agressivo Poison (Dior).